Inventário Permanente

Em consequência à alteração ao Decreto-Lei 98/2015, de 2 de junho, designadamente ao artigo 12º do Decreto-Lei 158/2009, de 13 de julho, que aprovou o Sistema de Normalização Contabilística, saiba onde se enquadra a sua empresa:

Microentidades

Limites do artº 262º do CSC

1 – Consideram-se mi

croentidades aquelas que (…) à data do balanço não ultrapassem 2 dos 3 limites seguintes:

a) Total do balanço: € 350.000;

b) Volume de negócios líquido: € 700.000;

c) Nº médio de empregados durante o período: 10

2… (…)

a) Total do balanço: € 1.500.000;

b) Total das vendas líquidas e outros proveitos: € 3.000.000€;

c) Nº médio de empregados durante o exercício: 50

Sendo os limites identificadores das microentidades inferiores aos do artº 262º do CSC, tal significa que mais entidades ficam sujeitas a adotar o inventário permanente…

Para além das microentidades, continuam dispensadas de inventário permanente as entidades:

– Que prossigam as atividades de:

. Agricultura, produção animal, apicultura e caça;

. Silvicultura e exploração florestal;

. Indústria piscatória e aquicultura;

. Pontos de vendas a retalho que, no seu conjunto, não apresentem, no período de um exercício, vendas superiores a € 300.000 nem a 10% das vendas globais da respetiva entidade.

– Cuja atividade predominante consista na prestação de serviços, considerando-se como tais (…) as que apresentem, no período de um exercício, um custo das mercadorias vendidas e das matérias consumidas que não exceda € 300.000 nem 20% dos respetivos custos operacionais.